terça-feira, 2 de agosto de 2011

SANTO AFONSO MARIA DE LIGUORI - Vida e Missão Evangelizadora

Neste mês de agosto, mês dedicado às vocações, celebramos a memória de Santo Afonso Maria de Liguori mestre e doutor da Igreja. Patrono dos moralistas e dos  confessores, dia 01 é o seu dia.

Quem foi Santo Anfonso?

Ele nasceu no dia 27 de setembro de 1696, em Marianella, na Itália, era de família nobre cristã e católica, mas deixou tudo para seguir a Jesus Cristo e amar os pobres.

Desde cedo foi-lhe ensinado sobre a moral e os bons costumes cristãos, sua mãe era católica praticante. Seu pai queria que o filho ao tornar-se adulto formasse em Direito. Seus pais queriam que Afonso se casasse, embora tivesse muitas pretendentes, não sentia vocação para o Matrimônio, mas sim, para a vida sacerdotal. 

Afonso seguiu o conselho do pai mesmo contra sua vontade, pois, desde cedo almejava doar-se ao sacerdócio. 
Formou-se em direito civil no ano de 1712;  conta-se que era muito eficiente a ponto de ganhar todas as causas, porque era habiliodoso e muito inteligente. Fato que lhe trouxe muito respeito entre os nobres. Além dos estudos em Direito, Afonso era músico, compositor, pintor e poeta. Estudou ciências humanas, clássicas e modernas. Como compositor ficou muito conhecido pelo canto de Natal Italiano que compôs: "Tu Scende dalle Stelle", "Eis que lá das Estrelas". Compôs várias peças, gostava de tocar Clavo; (instrumento antigo semelhante ao piano).

Tinha grande aptidão e talento para as artes. O que fez compor muitas peças, escrever livros e pintar quadros. Mas sempre vinha à sua mente o desejo pelo sacerdócio. Não faltavam-lhe pretendentes a querer se casar com ele. Mas Afonso ainda resistia pelo desejo de ser sacerdote. 
Uma vez, conta-se que: em um julgamento, ele perdeu a causa, pois, o  juri era corrupto e foi comprado, então Afonso ficou muito decepcionado e não quis mais advogar. Em vez disso se retirou para o convento dos padres Jesuítas e lá aprimorou sua vocação.  Seu Pai discutiu seriamente com Afonso, quando o ouviu sua decisão. Sua mãe porém concordou. 
Foi na Igreja em oração, estando aos pés da Virgem Maria,que ele responde à resposta que tanto queria e decide ser padre. Entrando para a Congregação dos Jesuítas. Ordenou-se padre em 21 de dezembro de 1726.

Uma vez ordenado padre, percebeu que a Igreja não caminhava bem, dava mais importância aos ricos que aos pobres além de ver vários desvios de comportamento do clero. O povo, sobretudo os mais pobres não tinha quem se importasse com eles, quem na veradade pudesse evangelizá-los e assistí-los com dignidade.
Santo Afonso também ficou muito preocupado com a moral e verdadeira missão da Igreja e resolveu optar por evangelizar os mais pobres aos quais via o rosto de Cristo sofredor. 

O que mais lhe incomodou foi ver aquela gente humilde, os cabreiros, os doentes e incuráveis, mendingos e camponeses que não tinham assistência alguma da Igreja e do Governo;  viviam em profunda miséria, tanto econômica quanto moral e espiritual. Vendo os jovens sem expectativa de evangelização formou as "Capelas da Tarde", que reuniam os jovens para evangelização, oração, lazer e trabalhos sociais. Reuniam-se cerca de 10 mil jovens, e tinha  72 capelas.
Afonso sofreu muitas críticas, injúrias e resistências de alguns que não acreditavam em seu trabalho missionário.
(quadro de N. Sra. Pintado por Sanro Afonso)
Santo Afonso então foge para Scalla o campo e lá e fica evangelizando aquela pobre gente, os chamados "cabreios" ou pastores de cabras; pode prestar ajuda social, moral e espiritual. Mais tarde com a ajuda de alguns companheiros religiosos e uma religiosa a Ir. Maria Celeste Crostarrosa, resolve fundar uma nova Congregação que se preocupasse de verdade com os pobres e com a salvação das almas. 
Então escolheu o nome de sua Congregação, chamando-a de: "Congregação do Santíssimo Redentor", cujo lema desta mesma é: "Copiosa é a Redenção".

Com o tempo Afonso conseguiu reunir mais e mais padres para esta congregação e obteve a aprovação do Santo Padre o Papa tornando-se uma nova Instituição Religiosa de forte espiritualidade. Fundando novas casas de formação os "conventos" para homens e mulheres.

Essa Congregação deveria não só formar padres missionários, mas, irmãos leigos que após uma boa formação religiosa e social  se tornariam padres, fráteres ou irmãos religiosos consagrados.

A Congregação devia contar com as casas de formação chamadas de "casas provinciais" onde deveriam fazer a formação dos jovens, ela conta com um provincial administrador e os formadores. A formação consiste em estudar, Filosofia,Teologia, Direito Canônico, as artes, a música, a  literatura etc. de acordo com o aproveitamento intelectual de cada um. 

Muitas casas foram fundadas para abrigar os novos postulantes. Também ao mesmo tempo foi fundada com a ajuda de Santo Afonso  e por Ir. Crostarrosa a Congregação das Irmãs contemplativas do Santíssimo Redentor; para as mulheres como irmãs consagradas; e viverem a mesma espiritualidadede Santo Afonso. Ela é co-irmã da Congregação Do Santíssimo Redentor.

Passaram muitas dificuldades, mas conseguiram chegar muito longe, com casas em diversos países. Afonso foi nomeado bispo de Santa Ágata dos Godos, onde conseguiu reerguer a moral o clero. Era zeloso e preocupava-se em atender bem a todos que necessitavam de sua ajuda.

Escreveu a sua obra prima: a Teologia Moral sua grande ajuda para a Igreja. Escreveu inúmeras obras. Inclusive sobre nossa Senhora, as "Glórias de Maria"; cujo era devoto assíduo. Também era grande devoto do Santíssimo Sacramento.  Meditava sobre a Paixão de Cristo. Escreveu o livro "A Prática de Amor à Jesus Cristo""A Oração".  Que se encontra em boas livrarias católicas. 

Os missionários redentoristas, seguindo a espiritualidade de Santo Afonso espalharam-se por diversos países. Traziam consigo o ícone com a imagem de Nossa Senhora do Pepétuo Socorro, cuja é padroeira da Congregação. Nos diversos lugares em que pregavam as "missões populares" plantavam uma grande Cruz que traziam com uma frase assim escrita: "Salva a tua alma!" 

Em 1762 foi nomedo Bispo de Santa Ágata dos Godos.
Mesmo doente já na velhice Santo Afonso conseguia com muita serenidade ajudar a quem precisasse e socorrer o clero.

A grande preocupação de Santo Afonso era a salvação das almas. Por isso meditava sempre sobre ela e orava muito.

Sua fama de santidade se espalhou por toda Itália e pelo mundo. 
Conta-se que em certa ocasião, o  vulcão Vesúvio entrou em erupção ameaçanado arrasar com toda cidade de Napoles. Então pediram a Santo Afonso que abençoasse o vulcão, ele o fez e na mesma hora este cessou e descansou sem atingir a cidade.

Gente de todos os lugares acorriam-lhe para assistir suas pregações e receber sua bênção.
Morreu em grande santidade e foi canonizado em 1831 pelo Papa Gregório XVI;  em 1871 foi declarado doutor da Igreja, padroeiro dos moralistas e dos confessores.

A Congregação de Santo Afonso, hoje, conhecida como "Missionários Redentoristas", já fez e faz muitos santos, dentre eles destacamos: São geraldo Magela e São Clemente. Santos tão conhecidos, de nossa popular devoção que viveram a mesma espiritualidade de Santo Afonso.
No Brasil, existem inúmeras casas de formação da Congregação do Santíssimo Redentor. Seus membros os padres e irmãos e redentoristas cuidam de vários santuários e paróquias, como o Santuário Aparecida(SP), O Santuário de S. Geraldo Magela em Curvelo (MG), O Santuário do Divino Pai Eterno em Trindade (GO). Além de pregar as santas Missões, assistem os abandonados pobres e doentes. Dentre os missionários redentoristas que hoje mais conhecemos está o Padre Robison C.Ss.R. que faz o trabalho de divulgação da devoção ao Divinio Pai Eterno, e à devoção à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, pela Rede Vida de TV. Além de Criar a AFIPE, "Associação dos Filhos do Pai Eterno" que reune vários devotos pelo Brasil afora no sentido de Evangelizar. O trabalho que os missionários exerce pelo mundo com a espiritualidade afonsina, um grande trabalho executam em Aparecida (SP) adminitram o Santuário de N. Sra. Aparecida, a Rádio e TV Aparecida, além de promover a Campnaha dos Devotos de Nossa Senhora e o Clube dos Sócios da Rádio Aparecida. Não há um só lugar por este Brasil que não se ouviu falar das santas missões e da boa transmissão da Rádio Aparecida que chegava em ondas curtas em todos os lares do Brasil trazendo a Igreja para dentro das famílias. Quem não gostava de ouvir o Padre Victor Coelho de Almeida, a missa e a Consagração?... Tudo isso é semente plantada por Santo Afonso Maria de Liguori.

Que Santo Afonso nos ajude a sermos bons Evangelizadores.

Santo Afonso de Liguori, rogai por nós!   




Texto de: Elmando Valeriano de Toledo      
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, em breve será respondido.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.