sábado, 27 de abril de 2013

AMOR E PERDÃO - "Porque se perdoardes os homens vossas onfensas, vosso Pai celeste vos perdorá!" Mt5, 14

Jesus nos ensina que dar o perdão é importante, por quê? Por que o perdão é uma graça importante para nós. Perdoar não é ser conivente com o erro dos outros mas é dar ao outro uma oportunidade nova de se redimir, isto é mudar de vida. Por isso, Jesus pede que perdoemos para que sejamos perdoados. O perdão é um direito de todos aqueles que neste mundo, estando limitados, sendo fracos na fé ou em suas atitudes morais queiram buscar uma vida nova. Deus nosso Pai, entendendo que somos pecadores, humanos limitados e fracos nos deixa sempre a oportunidade de buscar o perdão. Mas isto significa que para buscar o perdão de Deus, devemos antes nos reconciliar com aqueles que nos ofenderam, e também se ofendemos devemos pedir o perdão para aqueles que prejudicamos.

O fato é que Jesus, o filho de Deus, vindo a este mundo, nos ensinou que de nada adianta rezar, pedir o perdão de Deus mas continuar sendo hipócritas com nós mesmos a ponto de possuir um amor egoísta, quer quer tirar proveito de tudo e, inclusive buscar vantagens ao perdoar. Ou seja, "eu te perdoo com essa condição"...  Não é assim que Deus quer que façamos (...) Ele quer que nós sejamos extremamente indulgentes com aquele que erra, mas implacável com o pecado, ou com os erros que se pratica, inclusive o nosso. É por isso que temos uma coisa em nossa mente chamada consciência, e a moralidade está ligada à ela. Portanto, para Deus não interessa quem somos, mas interessa que seu amor chegue de maneira igual a cada um. E a mesma coisa Ele quer que façamos. Por isso Jesus chega a dizer; "Amai-vos uns aos outros como eu vos tenho amado!" (Jo 13, 34) - Quem ama perdoa, e quem é capaz de perdoar transmite valores cristãos ao outro que está sendo perdoado, então o gesto de perdão não é simplesmente ficar numa palavra é envangelizar porque através de mim, de você estará sempre a imagem de Jesus que nos amou e nos perdoou primeiro. Assim através do amor Jesus diz que todos conhecerão que somos seus discípulos. É uma responsabilidade de cada um viver e praticar esse amor.

Amar e perdoar, duas palavras que andam juntas. Uma depende da outra. O perdão só existe onde está o amor e o amor só existe onde mora o perdão. Perdoar também exige de nós um amor-doação isto é, sejamos observadores do amor de Deus por nós que através de Jesus sempre nos dá uma nova chance de mudar de vida. Jesus é exemplo claro, quando no alto da Cruz perdoou a todos, esse perdão de Jesus não foi só para aqueles que o crucificaram mas foi de modo geral e integralmente à toda humanidade. E porque Ele fez isso? Porque amou-nos até o fim, desde a eternidade, desde a criação do mundo. O perdão não se cansa, devemos perdoar sempre. Devemos buscar o perdão sempre de Deus e dos nossos irmãos. Deus respeita cada um, por isso podemos dar e negar o perdão, porém se o negarmos a alguém estamos deixando de amar, e, deixando de amar estamos descumprindo o Mandamento de Deus que diz: "Amarás a Deus acima de tudo e ao próximo como a ti mesmo!" (primeiro Mandamento)

Por outro lado, perdoar e ser perdoado é buscar viver a Paz! Ninguém vive em paz com uma consciência manchada, cheio de ódio, de rancor e sede de vingança. No momento pode parecer muito bom, deixar de perdoar e ver o prazeroso sofrer o do outro, mas depois, os frutos da falta de perdão implica em uma vida cheia de amarguras e dores na consciência de ver que por um instante você deixou seu irmão sem a chance de ser uma pessoa nova e mudada. E quantos hoje por falta de perdão estão atirados no submundo do alcoolismo e das drogas, dos vícios e tudo mais, por falta de perdão. O perdão também implica que sejamos compreensíveis e saibamos escutar o outro, seus problemas e nunca deixar de perdoar e dar um palavra amiga.

Veja que Jesus ao perdoar a pecadora, bastou uma palavra para ela mudar de vida: "Se não te condenaram, eu também não te condeno, vais e não peques mais!" ... Jo 8, 10-11 (...) então Jesus não perdoou simplesmente deu a ela uma chance de mudar de vida e ser feliz. E quantos de nós precisamos de uma chance, mas esquecemos  de perdoar e buscar esse perdão uns dos outros? quantos não se perdoam?
Perdoar faz um bem enorme não em Deus, mas em nós mesmos. Somos nós que erramos, somos nós que praticamos atitudes erradas, somos nós que precisamos de Deus....

Jesus sempre mostrou seu amor para conosco e foi Ele mesmo que deu exemplo de que o perdão muda transforma convida o outro a uma nova vida, vida esta, que consiste em amar sem receber nada em troca pois é assim que Deus nos ama. Deus não estabelece limites para nos amar e nos perdoar e assim quer que sejamos, por isso só podemos "amar como Jesus nos amou" se esse amor for sem limites. Para isso o perdão também deve ser sem limites. Para chamar a Deus de Pai devemos lembrar sempre que somos seus filhos, todos os bons e os maus. Por isso Deus não nos permite fazer julgamentos uns dos outros mas que saibamos respeitar uns aos outros com amor, o perdão é algo comprometedor porque não significa apoiar o erro, ou os erros que se praticam, ou que praticamos, mas levar em conta todo ser humano merece a chance de mudança de viver em paz e de ser feliz, pois, pertencemos a uma só família a família dos filhos de Deus. 

Então o amor vem acompanhado do perdão e os dois transmitem a paz de Jesus, essa paz que significa vida nova pois todo dia para nós é dia de perdão é dia de mudança e dia de reconciliação com Deus e o próximo. Perdão não é desculpar-se, pois a desculpa rebaixa o ser humano mas perdão é a elevação da auto-estima é levar a pessoa a conhecer e a experimentar esse amor de Deus em cada um de nós... 

(texto de: Elmando Valeriano de Toledo)


    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, em breve será respondido.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.